Saúde Porta-a-Porta

MISSÃO

A AEFCM acredita que ninguém, por motivos de idade, dificuldades económicas ou falta de apoio social, deve ser privado dos cuidados mais básicos de saúde. Neste sentido, o Saúde Porta a Porta surge como um projeto de voluntariado continuado desenvolvido pela AEFCM em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, o Hospital CUF Infante Santo, as Juntas de Freguesia da Estrela, Misericórdia e Campo de Ourique bem como com a Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa. Visa colmatar, junto dos mais carenciados, as lacunas existentes no acesso aos cuidados mais básicos de saúde, bem como combater o isolamento social desta população alvo.

O SPAP oferece ainda uma componente formativa, capacitando os alunos voluntários em temáticas inerentes ao ensino médico e clínico nomeadamente Saúde Pública, Geriatria, Medicina Interna, Medicina Geral e Familiar, entre outros. Promove ainda o desenvolvimento das suas capacidades de comunicação e de relacionamento interpessoal através do contacto permanente com os idosos, orientando os voluntários para a prática clínica e cada vez mais centrada no doente.

Fábio Baptista
Saúde porta a porta

SABE MAIS EM: